Assunto: Greve da Função Pública de 27 de Outubro de 2017

189

O Movimento Nacional dos Enfermeiros (MNEnf) assume-se como um grupo espontâneo de enfermeiros, desligado de qualquer ideologia político-partidária e/ou sindical. Desta forma, e cumprindo um dos seus objectivos principais de se constituir como um canal de informação e divulgação das suas justas reivindicações, emite o seguinte parecer:

    1. A Greve Geral da Função Pública marcada para o próximo dia 27 de Outubro, não é uma greve exclusiva dos Enfermeiros, embora os afete;
    2. O MNEnf estará sempre disponível para apoiar formas de luta que tenham como principal objectivo a luta por uma carreira digna e que valorize a Enfermagem, enquanto profissão fulcral do SNS;
    3. O MNEnf, considera ser necessária, por parte de cada enfermeiro e de forma individual, uma análise da sua própria situação, para uma decisão em consciência de qual a melhor opção;
    4. Nesse sentido, relembra os principais pontos em discussão;
      1. Cada Enfermeiro necessita de 10 pontos para subir de escalão;
      2. A valorização pontual será de 1,5 pontos, até 2014;
      3. Nos anos 2015 e 2016, a valorização será de 1 ponto;
      4. No caso de alguma valorização económica ocorrida a partir de 2004, os pontos começam a contar desde essa data;
      5. O descongelamento decorrerá de forma progressiva, até Dezembro de 2019.

 

  • Exemplos

 

    1. Enfermeiro A encontra-se congelado desde 2005, não tendo transitado para a atual carreira. Obterá 15 pontos até 2014, mais 2 pontos do biénio 2015/2016. Total de 17 pontos. Subirá de escalão. Aqui incluem-se os enfermeiros que já tinham um ordenado base superior à entrada na carreira atual.
    2. Enfermeiro B que tenha sido revalorizado em 2011 ou 2012 na transição para a atual carreira, obterá entre 7 a 8 pontos, pelo que não será abrangido na subida de escalão.
    3. Enfermeiro C que tenha iniciado funções em 2011, obterá mais pontos do que um enfermeiro com mais anos de serviço e que só tenha transitado para a atual carreira em 2012.
    4. Enfermeiro D (CIT) que tenha transitado em 2015, não transitará de escalão.

 

Após uma análise consciente e individual, deverá cada enfermeiro decidir se a adesão à greve lhe faz ou não, sentido, tendo sempre como objectivo, a dignificação da profissão e a valorização da classe.

Newsletter do MNEnf

Assina a nossa Newsletter e recebe as novidades e notificações no teu mail.

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Newsletter do MNEnf

Assina a nossa Newsletter e recebe as novidades e notificações no teu mail.

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Newsletter do MNEnf

Assina a nossa Newsletter e recebe as novidades e notificações no teu mail.

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.